NEGÓCIOS SEM GLÚTEN: UM MERCADO EM CRESCIMENTO

“Livre-se do trigo, livre-se dos quilos a mais, e descubra seu caminho de volta para a saúde” é o que prega William Davis, cardiologista especializado em medicina preventiva, em seu livro ‘Barriga de Trigo’ lançado no Brasil em 2013 pela editora WMF.

No livro ele conta porque o trigo faz mal, descreve o crescimento do numero de celíacos, fala sobre o efeito do glúten no organismo e fornece receitas sem glúten e dicas de como livrar-se do trigo.  Apesar do tom alarmista, o fato é que o número de consumidores celíacos e intolerantes está crescendo e a febre do livre de glúten se propaga rapidamente. Por isso os empresários estão voltando os olhos para esse consumidor.

Em São Paulo, restaurantes e padarias estão inovando e apostando nesse nicho de mercado. Este é o caso da Lilóri – pães e doces, padaria especializada em produtos sem glúten e lácteos, com duas unidades (loja e foodtruck) no jardim paulista. Seu cardápio oferece desde pães multigrãos a sobremesas sofisticadas – bolo de mirtilo e brownie.  Restaurantes como o Buttina, da chefe Filomena Chiarela, e o Moinho de Pedra, da chefe Tatiana Cardoso, oferecem opções saudáveis e sem glúten. Casas de massas e pizzarias também começaram a enxergar a necessidade de atender a este consumidor. A Cantina Nello’s, em pinheiros, oferece massas a partir do milho e fécula de batata. As redondas, queridinhas dos paulistanos, podem ser encontradas na pizzaria Maria Gula, na vila Leopoldina, onde são feitas de uma mistura de fécula de arroz, batata e mandioca. As grandes redes de restaurante, como Ráscal e  OutBack, também oferecem opções sem glúten em seus cardápios.

PÃO MULTIGRÃOS - PADOCA LILÓRI/FOTO: PADARIA LILÓRI

PÃO MULTIGRÃOS – PADOCA LILÓRI/FOTO: SITE PADARIA LILÓRI

O glúten

O glúten é a proteína presente no trigo, aveia, centeio, cevada e malte. Cereais utilizados na produção de pães, bolos, tortas, bolachas, cerveja, bebidas industrializadas e diversos outros produtos alimentares e cosméticos.

Você sabe o que é a Doença Celíaca (DC)?

A doença celíaca é causada por uma predisposição genética de intolerância à Gliadina proteína contida no glúten. O celíaco produz anticorpos que agem no intestino delgado, gerando uma atrofia. Os sintomas são muito confundidos com outros distúrbios, e por isso muitas das vezes seu diagnóstico é difícil de ser feito. Segundo a ACELBRA (Associação dos Celíacos do Brasil), o celíaco pode apresentar ou não sintomas da doença, quando há presença de sintomas, o acometido pode apresentar diarréia crônica, desnutrição com déficit do crescimento, emagrecimento e falta de apetite, distenção abdominal (barriga inchada), vômitos, glúteos atrofiados, apatia e desnutrição.  É de extrema importância procurar um médico caso tenha alguns desses sintomas. A UNIFESP (Universidade federal de São Paulo) oferece exames para celíacos e familiares totalmente gratuitos, além de um acompanhamento alimentar.

 

Onde ir?

  • Padaria Lilóri  (site)  – Rua Peixoto Gomide, 1.486 | Jardim Paulista, São Paulo
  • Restaurante Buttina  (site) – Rua João Moura, 976 | Jardim Paulista, São Paulo
  • Restaurante Moinho de Pedra (site) – Rua Francisco de Morais, 227 | Chácara St Antônio, São Paulo
  • Pizzaria Nello’s (site) – Rua Antonio Bicudo, 97 | Pinheiros, São Paulo
  • Restaurante Maria Gula (site) – Rua Carlos Weber, 606 | Vila Leopoldina, São Paulo
  • Exames gratuitos – UNIFESP:  Telefonar para (0xx11) 5579-5834, para agendamento de exames. Local: Ambulatório de Gastroenterologia Pediátrica da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina – Rua Pedro de Toledo, 441 – Vila Clementino – São Paulo – SP

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>